Moradores queimam ônibus após morte de preso na zona leste de São Paulo

RACHEL AÑÓN
da Agência Folha

Um protesto de moradores contra a morte de um homem acusado pela polícia de tráfico de drogas terminou em confronto com a polícia e na depredação de cinco ônibus, no Jardim Casa Pintada, extremo leste de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira. Não há informações sobre feridos ou detidos.

Segundo a polícia, Sérgio dos Santos, 38, cometeu suicídio dentro da cela do 63º DP (Vila Jacuí), se enforcando com um cadarço de tênis, após ser preso por tráfico de drogas.

Os moradores da comunidade de Vila Reis, onde o homem morava, não acreditaram na versão da polícia e foram para a porta da delegacia protestar. Revoltados, jogaram coquetéis molotov em direção aos policiais, atearam fogo a um ônibus na avenida Maria Santa, próximo à delegacia, e, com pedras e paus, quebraram o vidro de outros quatro. Os ônibus pertenciam à viação Itaim Paulista.

Policiais da tropa de choque e da Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar) da Polícia Militar foram chamados e controlaram a situação por volta das 2h. A polícia ainda não informou se alguém foi preso ou ferido durante o protesto.

original feed View Feed XML

Advertisements

No Responses to “Moradores queimam ônibus após morte de preso na zona leste de São Paulo”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: