Traficantes roubam ônibus e caminhões no Rio; 2.800 estão sem aulas

DIANA BRITO
colaboração para a Folha Online, no Rio

Com o intuito de criar barricadas para dificultar o acesso de policiais, traficantes roubaram na manhã desta terça-feira dois caminhões da Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio) e três ônibus da viação Nossa Senhora de Lourdes. Eles foram utilizados para montar obstáculos na entrada da favela Vila Cruzeiro, no complexo da Penha, na zona norte do Rio.

Devido ao tumulto quatro escolas e uma creche fecharam e 2.800 alunos ficaram sem aula, segundo a Secretaria Municipal de Educação.

A Comlurb informou que criminosos armados obrigaram os funcionários da empresa a descer dos veículos e fecharam uma das entradas da comunidade por cerca de 15 minutos.

“Eles [funcionários] foram parados por criminosos por pouco tempo e, em seguida, foram liberados. A intenção deles era bloquear as ruas da entrada da comunidade. Eles mandaram os funcionários descerem e manobraram os caminhões. Depois de alguns minutos liberaram eles e os veículos”, informou a assessoria da Comlurb.

Ainda de acordo com a Comlurb, os funcionários ficaram assustados com a abordagem dos criminosos, mas já voltaram a trabalhar normalmente. Ninguém ficou ferido. A empresa também informou que recolhe o lixo de todas as favelas do Rio, sem sofrer ameaças de traficantes.

Segundo a polícia, a ação seria uma forma de bloquear os principais acessos aos pontos de venda de drogas da região, onde integrantes do 16º BPM (Batalhão de Polícia Militar) de Olaria realizavam uma operação na manhã de hoje.

De acordo com testemunhas, os criminosos ainda expulsaram passageiros e funcionários de três ônibus e levaram os veículos para o interior da favela. Ainda não há informações de feridos, nem de presos.

A viação Nossa Senhora de Lourdes informou que os ônibus roubados são das linhas 313 (Penha/Tiradentes), 622 (Penha/Saens Pena) e 621 (Penha/Saens Pena). Porém, os funcionários da empresa não quiseram passar detalhes da ação dos criminosos.

Policiais militares tentam negociar com a associação de moradores a retirada dos ônibus do interior da favela. Segundo testemunhas, os ônibus estão atravessados nas entradas dos principais pontos de venda de drogas da Vila Cruzeiro.

Advertisements

No Responses to “Traficantes roubam ônibus e caminhões no Rio; 2.800 estão sem aulas”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: