Senado paga motorista do ministro Hélio Costa em BH

ADRIANO CEOLIN
enviado especial da Folha a Belo Horizonte

Assistente parlamentar lotado no gabinete do senador Wellington Salgado (PMDB-MG), Januário Rodrigues exerce em Belo Horizonte a função de motorista da família do ministro das Comunicações, Hélio Costa. Em 16 de fevereiro deste ano, o salário dele subiu de R$ 2.247,72 para R$ 2.694,64 mensais, de acordo com ato do diretor-geral do Senado.

Januário foi nomeado em 2003, logo após a posse de Costa como senador. Na semana passada, a Folha localizou na Delegacia de Furtos e Roubos de Belo Horizonte um boletim de ocorrência em que ele declarou trabalhar para o ministro.

Em 10 de abril de 2007, Januário foi à polícia registrar o roubo do veículo SpaceFox preto, placa HFP 7928. O automóvel tem Hélio Costa como proprietário e, segundo o motorista, era usado para “atender à família”. O carro foi encontrado horas depois do roubo.

A ocorrência está registrada sob o número 104.591. Na quinta-feira passada, a Folha deslocou-se até o endereço que Januário disse morar na capital mineira. Lá, encontrou o filho dele Delton Rodrigues. Ele não quis dar entrevista, mas disse que informações sobre o pai poderiam ser obtidas no local onde mora o ministro.

Na sexta-feira, a reportagem falou com um dos porteiros do edifício onde vive Costa e sua família –num bairro nobre na zona sul de Belo Horizonte. A conversa foi gravada. O funcionário confirmou que Januário trabalha para o ministro e tem como uma de suas tarefas levar os filhos de Costa à escola.

Por meio de nota, o ministro das Comunicações confirmou que Januário Rodrigues trabalha para ele desde 1990. “Está lotado no gabinete do Senado desde 2003, quando fui eleito para o mandato de senador da República. Cumpre jornada em meu escritório e base eleitoral, em Belo Horizonte, das 8h às 14h”, disse Costa.

O ministro justificou ainda que, depois de ser convidado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva a assumir o Ministério das Comunicações, decidiu manter o seu vínculo administrativo com o Congresso Nacional. Lembrou que optou por receber o salário do Senado, abrindo mão dos vencimentos de ministro.

Costa também ficou de encaminhar requerimento à Mesa Diretora do Senado para saber se há “incompatibilidade na manutenção de Januário” como seu motorista em Belo Horizonte.

À Folha o senador Wellington Salgado, suplente de Costa, disse que vai esperar a resposta da Mesa antes de tomar uma decisão. “Se for irregular, vamos nos adequar”, afirmou.

Secretária

Trata-se do segundo caso de desvio de função envolvendo o ministro e o seu suplente. No último dia 10, a Folha revelou que a secretária particular de Costa, Eliana Maria de Jesus Ros, está lotada no gabinete de Salgado com salário de R$ 7.484,43. Ela, no entanto, dá expediente no ministério.

À Folha Eliana disse que, no final do ano passado, procurou o então diretor-geral do Senado, Agaciel Maia, para saber se sua situação era irregular.

De acordo com ela, Agaciel respondeu que não haveria problema.

Na semana passada, Salgado fez uma consulta à advocacia do Senado sobre o caso de Eliana. “Mas eu decidi que é melhor exonerar. Combinei com o ministro que ela deverá ser lotada no ministério”, disse.

Em maio do ano passado, a Folha revelou que Eugenio Alexandre Tollendal Costa, filho do ministro, era funcionário-fantasma no gabinete do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA). O rapaz, que recebia R$ 2.649,46 mensais, foi exonerado depois da publicação da reportagem.

Advertisements

No Responses to “Senado paga motorista do ministro Hélio Costa em BH”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: