Cursos de capacitação para beneficiários do Bolsa Família estão atrasados

Da Agência Brasil
Os cursos de capacitação profissional para os beneficiários do Programa Bolsa Família, programados para começar em fevereiro, estão atrasados. Apesar dos atrasos no cronograma do Plano Setorial de Qualificação (Planseq), lançado pelo governo em setemebro, o ministro do MDS (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), Patrus Ananias, afirmou,em entrevista à Agência Brasil, que as aulas começam ainda neste semestre.

“Nós tivemos algumas dificuldades iniciais porque lançamos o Planseq em um período de eleições municipais, mas isso já está superado. Estamos trabalhando hoje com todos os gestores da assistência social nos municípios e os assistentes dos Cras [Conselhos Regionais de Assistência Social] já estão sendo treinados para prestar as devidas informações. Por meio da nossa rede de proteção social, estamos identificando e conversando com as famílias”, disse o ministro.

Segundo Patrus, 65 mil já estão inscritos para participar do Planseq. A meta é qualificar 184 mil trabalhadores na área da construção civil. Após a capacitação, os alunos trabalhariam em obras de infra-estrutura do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Outra fase do programa pretende qualificar 25 mil beneficiários na área do turismo.

“Há um termo de cooperação entre o governo federal, o Sindicato da Indústria da Construção e os empresários que estão realizando as obras do PAC. Eles se comprometeram a dar prioridade nas suas contratações aos beneficiários do Bolsa Família que forem qualificados pelo Planseq”, explicou Patrus. Os cursos serão para profissões como pintor, azulejista, gesseiro, encanador, carpinteiro, mestre de obras e eletricista.

Receberão a capacitação as regiões metropolitanas de Belo Horizonte (MG), Manaus (AM), Belém (PA), da Baixada Santista (SP), de alvador (BA), Campinas (SP), Fortaleza (CE), Recife (PE), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), do Rio de Janeiro (RJ), de São Paulo (SP) e do Distrito Federal (DF). Os beneficiários do programa interessados em participar devem procurar uma agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) ou os Cras.

“É importante que as pessoa saibam que não terão nenhum ônus e nem perderão o benefício ao ingressar no curso”, disse. A condição básica para participar dos cursos profissionalizantes é ser maior de 18 anos e ter cursado pelo menos até a 4ª série do ensino fundamental.

Amanda Cieglinski

Advertisements

No Responses to “Cursos de capacitação para beneficiários do Bolsa Família estão atrasados”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: